Terça-feira, 8 de Março de 2011
Dia da mulher!

Bom Dia! Aproveito para deixar um beijinho especial para todas as mulheres!

 

 

 

 



publicado por Júlia Pinheiro às 10:48
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Maria Salomé Bento a 9 de Março de 2011 às 16:07
Querida Julia Gosto muito de ver os seus programas. Quero lhe dizer que fui muito mal tratada no dia da Mulher no hospital de Faro. adoeci com um ataque de asma no dia 8 pelas 2 horas da manhã dei entrada no hospital de faro serviço de urgências. depois da médica de serviço ter victo mei processo clinico virou-se para mim como fasso regeição a medicamentos e perguntoume que medicação eu custumava tomar, que medicação ela me podia dar pois não sabia o que me dar e queria que fosse eu a dizer-lhe. então mandou o enfermeiro me dar aerosóis só com soro para um caso grave de asma..... fiz analises e RX aos pulmões, depois dos exames estarem prontos ouvi o enfermeiro dizer ao colega que não era para me dar nada. e já era 5 horas depois chamei meo marido que tava na sala de espera para ele ver se o médico resolvia alguma coisa porque eu já não estava aguentando a crise e que tinha tentado falar com o enfermeiro e ele me ignorou virando as costas. O meu marido veio ao pé de mim viu como eu estava mal foi falar com um médico que estava de serviço , esse médico veio ao pé de mim depois de ter consultado minha fixa e fez o mesmo que a médica anterior que eu dissece o que podia tomar visto o problema que tinha, acabou dizendo que ia dar ordens para me darem qualquer coisa, o enfermeiro apareceu outra vez com o dito aerosol com soro para uma crise aguda de asma e nada mais não estando satisfeita com o que se estava passando perguntei se não havia mais nada para me dar o enfermeiro disse que não, fui á procura do médico simplesmente desapareceu a dirigi-me á colega que estava de serviço perguntei pelo médico que tinha entrado de serviço e que tinha ido falar comigo ninguém sabia dele esperei uma hora por ele ali na sala onde ele tava dando as consultas ele simplesmente não apareceu, já não aguentando as dores e as crises de ásma meu marido resolveu me tirar dali daquele hospital e levou para o hospital das gambelas, Privado, quando lá cheguei já ia em estado muito grave, a Médica de serviço ficou pasma depois de lhe contar o sucedido, fui tratada logo de imediato fiz analises RX outra vez e ela mandou logo por um cateta e soro porque podia aver reação ao tratamento que me ia fazer, fiz o tratamento fui tratada 5 estrelas, a crise passou, fiquei 8 horas neste hospital a médica sempre vindo ao pé de mim me perguntando se estava tudo bem, fui muito bem tratada, a diferença é que no hospital de faro eu sou insenta porque tenho uma doença crónica, espondilite- anquilosante e não pago taxas, na clinica paguei 37€ por 8 horas de internamento e tratamento 5 estrelas.
Pela primeira vez fui muito mal tratada no hospital de faro onde sou acompanhada á anos pela minha doênça e quando entro em crise que mais necessitava nas urgências e no dia da Mulher fui tratada abaixo de cão sentada numa cadeira toda enrrolada cheia de dores durante 7 horas e nada fizeram para me ajudar.
No hospital privado eu tive direito a uma cama especial para Espondilita-anquilosnte e tratamento vipe.
Será que os Médicos do privado e os médicos do Publico não estudaram na mesma escola? será que no privado á medicamentos para tratar todos os casos e no Publico os medicamentos são diferentes.
Eu gostava de tornár publico para que todas as mulheres saibam como ainda são mal tratadas.
Um beijinho Julia
Da Salomé


De band pass filter a 28 de Setembro de 2016 às 04:53
Isso é ótimo, obrigado por compartilhar, muito útil para mim!


Comentar post